Literatura entre Amigos. Tecnologia do Blogger.

sábado, 27 de setembro de 2014

Resenha do Conto: O Vampiro de Sussex

(por Raquel Lisboa)

Uma esposa amorosa e afetuosa é vista mordendo o pescoço de seu próprio bebê. Por algumas vezes, foi surpreendida maltratando o enteado de quinze anos, que ao sofrer um acidente na infância, ficou manco.

Fatos que não condiziam com a doçura e o encanto daquela mulher. O pai de família, apavorado, busca refúgio em Sherlock Holmes, mesmo considerando o seu caso perdido.
Seria a sua mulher, uma doente mental ou uma vampira?

Esse conto, muito bem escrito pelo Sir. Conan Doyle, traz em algumas páginas um incrível mistério que só é desvendado pelo próprio autor. Por diversas vezes, coloquei o meu senso investigativo em prática, para tentar solucioná-lo, em vão.


Ciúmes, mágoa, inferioridade, inveja, são descritos de maneira sucinta nesse conto maravilhoso e, não é difícil acreditar que uma pessoa, movida por tantos sentimentos maléficos, cometa qualquer tipo de atrocidade.

O conto é curtíssimo, levei vinte minutos para lê-lo, sorvi cada  palavra com tanto interesse, que fiquei triste quando acabou.
Sir. Conan Doyle mostrou que para escrever bem, não é preciso escrever muito. Algumas poucas palavras conseguem nos prender e, ainda, nos trazem lições de vida.


Recomendável a todos que curtem uma boa dose de mistério.

Para ler ou baixar o livro clique aqui


0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

 

Total de visualizações de página

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons.
Você pode copiar, distribuir e exibir, desde que seja dado crédito ao autor original,
Família Literatura entre Amigos, e seja referenciado o endereço deste Blog como fonte com os devidos créditos aos autores.

Follow by Email